sábado, 15 de abril de 2017

SEMANA SANTA MARINERA

VALENCIA


Como las imágenes hablan por si solas,
os dejo en la contemplación del momento que vivi
en la procesión del Santo Entierro
































Una vez acabada la Semana Santa

FELIZ PÁSCUA

PÁSCOA FELIZ

26 comentarios:

María Perlada dijo...

Muy bellas las imágenes, amigo Duarte, me ha encantado disfrutar de la Semana Santa desde tus fotos.

Feliz fin de semana, y de lo que queda de Semana Santa.

Un abrazo.

Franziska dijo...

La devoción es algo que florece dentro del corazón y para cada uno de nosotros está en nuestra tierra, en los recuerdos de la niñez y en los de toda la vida, nuestra fe. Dices bien. Cada uno debe tomar lo que más le llegue. Saludos my afectuosos y cordiales. Franziska

rendadebilros dijo...

Uma semana para reflexão. As imagens ilustram bem a "carga" emotiva para os católicos e/ou para quem assiste. Abraço. Boa Páscoa!

Francisco Manuel Carrajola Oliveira dijo...

Fantásticas e muito belas estas fotografias nocturnas da procissão.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Silenciosamente ouvindo... dijo...


Sim, amigo, uma Procissão digna de se ver.

Como sempre as suas fotos, é a sua partilha connosco.

Muito obrigada. Gostei muito de ver.

Um bj.
Irene Alves

Poetiza dijo...

Paso a dejarte mis saludos ...... cuidate mucho... un placer leerte.

Graça Sampaio dijo...

Excelente reportagem, amigo Duarte!

Há muitos anos assisti à Semana Santa em Sevilha e achei muito típico, muito belo, mas verdadeiramente assustador! Com aquelas confrarias todas...

São dijo...

A Páscoa 2016 vivi-a em Espanha , a de 2017 no coração profundo de Portugal.

Grato abraço pela bela reportagem.

Buen finde, meu querido amigo

Justine dijo...

Impressiona-me sempre muito os homens encapuçados...
As tuas fotografias nocturnas estão belíssimas!
Um beijo amigo

Duarte dijo...

María,
Estuve por ahí y tan sólo he podido llegar a tu comentario hasta ahora.
Ya nos va quedando hago lejos, aún que en Valencia hasta el día de hoy seguimos de fiesta.
Deseo que sigas bien.
Te abrazo bien fuerte.

Duarte dijo...

Franziska,
a mi siempre me llamó a la atención. Más allá de la fe.
Los encapuchados me imponen, desconozco su rostro, no sé que aspecto tienen, será hombre o mujer? Lo demás, aparte de arte es sentimiento y cada cual expresa su sentir.
Me ha gustado, aún con frio y mucho viento.
Abrazos de vida, amiga mía.

Tais Luso dijo...

Olá, Duarte, sempre gostei de procissões, dos rituais da igreja católica. E a páscoa mostra fé e todo aquele ritual do sofrimento, crucificação e ressurreição de Cristo. Triste, não tem dúvida, mas é a religião em que crescemos, que seguimos. Algo que nos impõe respeito, mesmo aos que não seguem a religião católica.
Belas fotos!
Beijo, uma ótima semana.

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras dijo...

Parabéns! Impressiona-me a grandiosidade da festa. Em nossa cidade temos também A Irmandade do Senhor Jesus do Passos com duzentos e cinquenta anos de existência cuja procissão promovida por ela está para receber o título de Bem Imaterial Cultural Brasileiro pelo Instituto Nacional da preservação histórica e cultural.
Postei em meu blog algo dela e fico feliz de puder divulgar neste espaço. Vejam:

http://silolirico.blogspot.com.br/2017/03/ducentesima-quinquagesima-primeira.html

Minha gratidão. Laerte.

Duarte dijo...

Rendadebilros,
assim é, mas muitos não expressão nada. O que não sei é para que estão ali.
São momentos de tensão e emoção para os que crêem.
Beijinhos

Majo Dutra dijo...

Estive 'fora' durante a Páscoa...
Vendo um comentário teu no blogue da Elvira
vim à tua procura...
Fotos excelentes, amigo Duarte.
Gostei muito de ver, pois nunca iria viajar
para assistir este espetáculo, que embora
belo. tem muito de medieval e deprimente...
Grata pela tua dedicação.
~~~~ Grande Abraço ~~~~

Duarte dijo...

Francisco Manuel,
nota-se que sabes da arte de fotografar, obrigado.
Um abraço e bom fim de semana.

Duarte dijo...

Irene,
são seis horas de procissão e, obviamente, esta reportagem não passa de um fragmento.
Alguns momentos são emocionantes pela cadência no passo, a música, os tambores e, ante tudo, a presença daquele que efectivamente representa e vive o momento biblico.
Um grande abraço

Mariazita dijo...

Querido amigo Duarte
Excelente reportagem fotográfica!
Esta procissão deve ser muito bonita e carregada de emoção, não só para os católicos, mas para todos a que ela assistem.
Eu gosto muito de procissões, o que, em Portugal, se vai tornando muito raro, infelizmente.
Em criança assisti a procissões maravilhosas, no Minho, que ainda hoje recordo.
Obrigada por esta bela partilha.

Votos de um Domingo feliz
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Duarte dijo...

Poetiza,
es un inmenso placer saber de ti y más sentirte tan cerca.
Cuídate, querida amiga, de tan lejos pero siempre tan cerca.
Abrazos de vida

Duarte dijo...

Graça,
é só neste momento, tudo muda depois da ressurreição. Tanto música como vestimenta cobran ritmo, cor e alegra.
Muitos beijinhos pelas palavras de consolo

Duarte dijo...

São,
que contraste, querida amiga. A vida só assim tem sentido, não devemos ficar encarrilhados no tempo e no espaço.
Besos

Duarte dijo...

Zé,
homens e mulheres, precisamente para que não sejam identificados. Só se sabe pelas cores a que pertencem. Desconheço muito deste tema mas penso, a curto prazo, fazer uma visita ao museu para prender algo mais, pois tem-me intrigado.
Beijinhos, minha amiga.

Duarte dijo...

Tais,
quis aproximar este tipo de manifestação a todos nós os que desconhecemos este tipo de festejos de caracter religioso. Estou por aqui anos e ainda não domino ate tema.
Sim, em alguns casos existe religiosidade que até impressiona.
Beijinhos, amiga

Duarte dijo...

Silo,
é algo que existe em toda Espanha. Com preponderancia para Andaluzia e Castela, mas aqui também.
Passarei a ver o teu trabalho.
Abraço

Duarte dijo...

Majo,
É a vantagem que tenho ao postar cada quinze dias. Assim pude ir até Andaluzia sem desactualizar este espaço.
Feliz por ver-te por aqui.
Abraços de vida

Duarte dijo...

Mariazita,
é a terceira vez que me asomo a esta manifestación popular que, não só pelo sentir mas também pelo colorido e música, bem vale a pena uns momentos de dedicação. Na primeira ocasião assisti de principio a fim, convidado por uns amigos. As tradições devem manter-se,
Abrazos de vida